08/10/2019


Daqui pra Baixo é um livro escrito por Jason Reynolds, publicado no Brasil pela Editora Intrínseca.

Will é um adolescente que vive em uma periferia com sua mãe e o irmão mais velho, Shawn.

Certo dia, Will ouve som de tiros (coisa comum naquele bairro), mas ao olhar na rua, ele vê o corpo de Shawn.

Cheio de tristeza, indignação e revolta, Will pega uma arma e sai pra vingar o irmão, mas ao entrar no elevador, começam a acontecer coisas estranhas que vão fazê-lo refletir sobre a sua vida e o seu plano de vingança.



Daqui pra baixo é narrado em verso e a maior parte da história se passa em 67 segundos (o tempo que o Will passa no elevador).

Eu peguei esse livro pra folhear e não consegui parar até terminar a leitura. A história me prendeu de uma forma que eu fiquei angustiada querendo saber como aquilo tudo ia se resolver.

Além da angústia, o que eu senti lendo esse livro foi uma tristeza profunda. Apesar de ser uma obra de ficção, os eventos narrados em Daqui pra Baixo são a realidade de muita gente (especialmente aqui no Brasil).



E o Jason Reynolds fala dessa realidade de forma crua, sem julgamentos, sem suavização e isso me fez pensar muito. Eu terminei de ler chorando e até hoje (quase um mês depois de ler) eu ainda penso na última frase e no quão real ela é.

Eu não posso falar de Daqui pra Baixo sem mencionar a revistinha do Intrínsecos, que traz um conteúdo tão incrível.


Temos o depoimento de um rapaz que é professor em uma periferia e também de 5 jovens que vivem em periferias do Brasil e isso acrescentou demais na minha experiência de leitura. Embora o livro tenha sido escrito por um estrangeiro, esses depoimentos provam que essa é a realidade do nosso país também



*Ao comprar o livro pelos links desse post, você colabora com o Colecionando Primaveras, sem pagar nada a mais por isso.

Acompanhe o Colecionando Primaveras também nas Redes Sociais:

Postado por Colecionando Primaveras

Pernambucana, cristã, leitora compulsiva, viciada em música e colecionadora de primaveras e sonhos.



0 comentários