03/05/2017

{Resenha} Uma Viagem nem um Pouco Sonhada




Uma Viagem nem um Pouco Sonhada é um livro da Arlene Diniz, publicado pela Editora Upbooks.

Betina é uma garota de 15 anos super descolada. Ela mora com seus pais e um irmãozinho no Rio de Janeiro e tem planos de aproveitar muito as férias com as melhores amigas e o ficante na Cidade Maravilhosa. Então imaginem a sua surpresa quando seus pais resolvem levá-la para passar as férias em Gruta Alta, uma cidadezinha pacata do interior.

Ela fica logo emburrada e planeja passar todos os dias trancada no quarto. Mas ao chegar lá, Betina reencontra duas primas: Sissa e Nanda, que, para sua surpresa, não são mais aquelas garotas bregas como ela se lembrava e Gruta Alta também não é aquele fim de mundo.

Betina começa a frequentar a igreja com as primas e conhece um pessoal super legal, entre eles, Noah, um menino lindo, que logo chama a atenção dela.

O 'problema' é que Noah é apaixonado por Jesus e quer distância de um relacionamento passageiro, enquanto Betina, que apesar de ir a igreja desde criança não tem um compromisso com Deus, só quer mesmo uma ficada.

Mas o modo de viver de Noah e das meninas começa a chamar atenção de Betina e algo passa a incomodá-la. Seria Deus falando com ela?


Uma Viagem nem um Pouco Sonhada é um romance cristão adolescente bem leve e divertido. A narrativa é feita em primeira pessoa pela Betina e tem toda aquela linguagem teen (e preciso dizer que a autora arrasou ao escrever como adolescente) que deixa a leitura bem gostosa.

Os personagens são muito legais. Fui cativada pela protagonista logo nas primeiras páginas, ela é uma garota bem maluquinha e eu dei altas risadas das loucuras dela. Nanda e Sissa são duas fofas que também me encantaram logo de início e me inspiraram durante toda a leitura. e o Noah? aaah, ele é muito fofo, além de lindo (Deus, já pode mandar um anjo desses pra mim, tá?!).


E o livro tem uma mensagem linda. Eu chorei horrores, não que a história seja triste, mas porque eu sempre me emociono quando falo/leio/ouço/penso sobre o amor de Deus. E a Arlene abordou isso tão bem e de forma tão clara e simples que não tem como não se encantar.

Sem falar que eu fiquei tão nostálgica lendo esse livro. Lembrei da minha adolescência haha' me identifiquei com vários personagens. Já fui como a Betina (kkk), depois como a Nanda e a Sissa (não dá pra separar as duas nem na resenha haha').


O final, apesar de ser lindo, deixa a gente querendo mais! Eu já sondei com a Arlene e descobri que vai ter uma continuação \o/. Adivinha quem já estou ansiosa? haha'

E não posso deixar de falar dessa edição da Editora Upbooks que está maravilhosa. A capa é linda e o livro tem uma diagramação muito fofa e a cara da história. As páginas são amareladas, tem orelhas e eu não encontrei nenhum erro.


Recomendo muito essa leitura para pessoas de todas as idades e principalmente para os adolescentes.

Nota: 

Beijos e até a próxima!
Acompanhe também nas Redes Sociais:

Postado por Ellem Barboza

Pernambucana, cristã, leitora compulsiva, viciada em música e colecionadora de primaveras e sonhos.



2 comentários

  1. Nunca vou me cansar de olhar suas fotos *-*
    Um abração da Letícia do blog Ler com a Leh <3

    ResponderExcluir
  2. Que linda essa resenha, Ellem! Fico muito feliz com suas palavras e agradeço a Jesus por isso! Que Ele continue te abençoando cada vez mais e te revelando Seu amor todos os dias <3

    Com carinho, Arlene Diniz

    ResponderExcluir