04/04/2017

{Resenha} Uma Noite como Esta


Uma Noite Como Esta é o segundo livro da série Quarteto Smythe-Smith, da Julia Quinn, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro.

Daniel Smythe-Smith está de volta a Londres, depois de três anos fugindo. Ele chega em casa bem no dia do famoso concerto anual das Smythe-Smiths e, para não 'atrapalhar' as meninas, fica espiando a apresentação por uma brecha na porta e fica logo surpreso ao notar que a moça que está ao piano não é uma de suas primas.
Daniel a observa durante toda a apresentação e se encanta por ela, decidindo que precisa beijá-la.

Anne é a governanta das primas menores de Daniel e foi meio que obrigada a se apresentar no concerto, porque uma das meninas fingiu estar doente. Ela é uma moça muito bonita e de ótimos modos, mas esconde um passado e tem muito medo que alguém a encontre.

Ao final da apresentação, quando está tentando se esconder da multidão, ela dá de cara com Daniel e é praticamente amor à primeira vista, mas ela preza muito pelo seu emprego e pelo pouco de segurança e estabilidade que conquistou e fará de tudo para não se envolver com alguém tão importante como ele.


Eu nem preciso dizer que amei a leitura né?! Com Julia Quinn não tem erro.

A narrativa é leve e divertida, como sempre, mas aborda um tema bem importante. O enredo tem um toque de mistério, mas a autora não enrola muito a gente, revela o suspense na hora certa e, ao invés de deixar a história sem graça, depois que a gente descobre os segredos, tem é vontade de ler mais haha'

A Anne é uma das melhores protagonistas que a Julia criou. Muito forte e independente e ao mesmo tempo, doce. O romance entre ela e o Daniel é muito bonitinho (Julia Quinn tem mesmo as manhas de criar casais ♥), é impossível não shippar os dois logo nas primeiras páginas.


E eu amei as primas do Daniel, elas são muito engraçadas e espirituosas. Harriet me lembrou muito a Hyacinth (de Os Bridgertons), sempre com uma resposta pronta na ponta da língua.

Eu recomendo muito Uma Noite Como Esta, li ele todo em uma tarde, porque não conseguia largar. É aquele tipo de história que você ri, se emociona, suspira, se apaixona... bem do jeito que a gente ama ♥.

Nota:
Beijos e até a próxima!
Acompanhe também nas Redes Sociais:

Postado por Ellem Barboza

Pernambucana, cristã, leitora compulsiva, viciada em música e colecionadora de primaveras e sonhos.



0 comentários