23/06/2014

Música: Lorena Chaves




 

Faz muito pouco tempo que eu conheci as canções da Lorena, mas foi amor À primeira música haha Estou in love com elas desde a primeira vez que ouvi.
Como a Lorena sempre diz, as músicas dela não se encaixam em um único estilo musical, são, na verdade, uma mistura de estilos, que resultam em um 'novo' estilo bem peculiar. Acho que isso foi uma das coisas que eu mais gostei nela, essa coisa de ser diferente de tudo.
Mas, vamos às músicas, separei aqui algumas das minhas preferidas
(na verdade eu amo todas elas, mas não dava pra postar todas, né haha):


  • Portão Azul:

Ficar parado em frente ao portão não faz seus pés tocarem o jardim
Os passos que me levam são os mesmos que retornarão

E você fica aí tentando imaginar como seria do outro lado

Por não querer perder de vista o que não se perde por esperar
Ah deixa de evitar o inevitável é, viver na plenitude
Abra o portão azul, da casa mais bonita.



  • À procura de um par:

Mesmo se não houver palavras ditas
Há quem escute o seu lamento
Sem precisar dizer
Deixa a luz entrar pela janela
E te mostrar que a esperança está
À procura de um par



  • Pra sempre: 

Se ela soubesse o que fazer desde o início
Talvez o erro não seria um vício
Talvez tentar não fosse sacrifício
Foi só querer abrir os olhos para enxergar
E tudo o que ela faz agora é amar quem sempre a amou
Na cruz deixou quem era e vive a paz do seu Criador
Quem deu a vida por ela achou uma casa pra morar
Pra sempre



  • Memórias de um narciso: 

Estou preso em meio a um labirinto cheio de espelhos
O meu mundo gira em torno das vontades que eu tenho
Estou imerso em um sistema que me diz: -você é livre!
Mas no fundo o desejo pela liberdade não cessou
E eu sou escravo do consumo desse amor por mim
Eu sou escravo sem saber que sou assim



E aí, o que vocês acharam? Muito bom, né?! :D

Sigam: Instagram - Twitter - Bloglovin - Skoob - Facebook - Pinterest 


Postado por Ellem Barboza

Pernambucana, cristã, leitora compulsiva, viciada em música e colecionadora de primaveras e sonhos.



0 comentários