05/05/2014

Resenha: Contos da Seleção

 Continuando a série de resenhas dos livros da trilogia A Seleção, temos o livro dos contos.




Kiera Cass escreveu dois contos, o primeiro narrado pelo príncipe Maxon e o segundo narrado pelo Guarda do palácio, Aspen.

Além dos dois contos, esse livro também contem outras coisas bem legais, como a playlist oficial da trilogia, uma entrevista com a Kiera, lista das selecionadas, lista das castas, árvore genealógica dos 3 personagens principais, além de 3 capítulos de A Escolha, o terceiro e último livro da trilogia. Enfim, tem muita coisa.

Neste post, comentarei apenas os 2 contos.


  • O conto do príncipe:





Maxon conta um pouco da sua rotina antes da Seleção começar, suas expectativas, o seu relacionamento com seus pais e até sobre uma garota que existia na sua vida antes de tudo. A história desse conto vai até o comecinho da Seleção, quando ele conhece a America.
Gostei muito de ver o mundo na perspectiva do Maxon, o que ele sentia com a Seleção e principalmente o que ele sentiu ao conhecer a America. Mas acho que algumas partes importantes, que eu queria saber o que o Maxon pensou ou porque ele agiu de certa forma não foram abordadas no livro.


  • O Conto do Guarda:





A narração de Aspen começa quando a Elite é escolhida. Ele fala sobre a rotina, os segredos do palácio, um pouco mais sobre o caráter do rei e principalmente sobre os seus sentimentos por América e a sua visão sobre Maxon.
Esse conto também é bem esclarecedor, me fez ter um pouquinho de apreço pelo Aspen hahaha, tirou alguns preconceitos que eu tinha com ele. Mas o que eu achei melhor nesse livro foi conhecer mais da rotina do palácio, as coisas que só os guardas e criados veem. Acho que abriu mais a minha mente, especialmente depois daquele final dramático do A Elite.

Pronto, agora é só esperar (com muuuuita ansiedade) o terceiro livro da trilogia.



Postado por Ellem Barboza

Pernambucana, cristã, leitora compulsiva, viciada em música e colecionadora de primaveras e sonhos.



0 comentários