22/02/2017

{Resenha} Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter


Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter é o segundo livro da trilogia Os Números do Amor, da Sarah MacLean, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro.

Lorde Nicholas St Jhon acaba de aparecer em uma revista de grande circulação como um dos solteiros mais bonitos e disponíveis de Londres e agora está sendo perseguido por todas as moças solteiras.

Isso tudo seria muito bom se o pobre Nicholas estivesse realmente interessado em casar, o que ele definitivamente não está. Então para fugir de tudo isso, ele resolver retomar uma antiga profissão e vai em busca da irmã desaparecida de seu amigo.

Em um lugar distante, Isabel Townsend se vira como pode para criar sozinha seu irmão mais novo e a cuidar de sua propriedade  depois que seu pai, um conde, os abandonou. Além disso, Isabel abriga algumas moças fugitivas e lhes dá emprego e amizade.

Como precisa de dinheiro, Isabel resolve vender uma coleção de estátuas de mármore, bem na época em que Lorde Nicholas, que por acaso é especialista em antiguidades, aparece na cidade.

Compartilhe:

07/02/2017

{Resenha} Um mais Um


Um mais Um é um livro escrito pela Jojo Moyes publicado no Brasil pela Editora Intrínseca.

Jess Thomas está em uma situação difícil.

Há dois anos, seu marido saiu de casa e nunca mais voltou e desde então ela trabalha feito louca para sustentar a filha Tanzie, uma garotinha nerd e muito boa em matemática e Nick, o enteado adolescente que sofre bullying.

Tanzie recebe uma oportunidade de fazer uma olimpíada de matemática e se ganhar, receberá um prêmio que mudará suas vidas. O problema é que a prova é na Escócia e eles não tem dinheiro para chegar lá.

Por outro lado, Ed Nicholls é um empresário que está enfrentando um processo judicial e resolve ir para a casa de praia, que por sinal é um dos lugares onde Jess faz faxina. Para fugir da irmã, que insiste que ele visite o pai doente, Ed resolve dar uma carona para Jess e seus filhos (e o cachorro) até a Escócia e essa viagem vai mudar tudo.

Compartilhe:

30/01/2017

{Resenha} Uma Chance para a Esperança


Uma Chance para a Esperança é um livro escrito pela Socorro Araújo, publicado pela Editora Upbooks.

O livro conta a história de dois irmãos: Pedro e Ester.

Pedro vive em uma cadeira de rodas há alguns anos, depois de ser atingido com um tiro na coluna durante um assalto. Depois desse trauma, ele ficou revoltado e se afastou de todos, inclusive de Deus.

Ester sofreu uma desilusão amorosa há alguns anos e depois disso fechou totalmente o coração para o amor, mas quando entra na faculdade, ela conhece Daniel, um rapaz lindo, que de cara já faz o coração dela bater mais forte.

Esses dois irmãos precisarão enfrentar seus traumas e dar Uma Chance para a Esperança.

Compartilhe:

26/01/2017

{Resenha} O Café dos Anjos


 O Café dos Anjos é um romance cristão escrito pelo Max Lucado, publicado no Brasil pela Editora Thomas Nelson Brasil.

Chelsea acabou de sair de um casamento difícil e, para ganhar a vida, resolve reabrir o Café dos Anjos, uma cafeteria que está na família dela há 3 gerações.

Mas pouco tempo após a inauguração, ela descobre que o imóvel tem uma dívida gigantesca e só vendendo muito café, ela conseguirá pagar. O problema é que o movimento anda muito fraco.

Mas quando ela, está prestes a fechar as portas, acontece uma coisa estranha e maravilhosa que faz com que os clientes corram aos montes para o Café dos Anjos.

As coisas melhoram muito no Café, mas Chelsea não deixa de se perguntar quanto tempo aquilo vai durar.

Enquanto isso, a sua vida pessoal vai de mal a pior, e para completar, seu ex-marido reaparece querendo reatar o casamento, mas não dá nenhum indício de que mudou.

Compartilhe:

24/01/2017

{Resenha} A Sorte do Agora


A Sorte do Agora é um livro do Matthew Quick, publicado no Brasil pela Editora Intrínseca.

Bartholomew Neil tem quase 40 anos e passou a vida inteira morando com a mãe. Porém depois que ela faleceu com um câncer no cérebro, ele não sabe como viver sozinho.

Então ele começa a escrever cartas para Richard Gere, o ator favorito da sua mãe. Nas cartas, ele conta sobre sua vida, seus sentimentos e como está lidando com a 'nova vida' e também sobre o seu interesse na Meninatecária, uma garota bonita que trabalha na biblioteca.

Compartilhe:

19/01/2017

{Análise} CD O milagre sou eu - Eyshila


Oi gente, tudo bem com vocês?

Esses dias eu recebi da Central Gospel, o CD novo da Eyshila, O milagre sou eu, e desde então tenho ouvido sem parar.

Por isso, eu vim aqui falar um pouquinho sobre ele com vocês.

O milagre sou eu conta com 13 canções e segue no mesmo estilo dos CDs anteriores da cantora, porém tem algo especial.

Não sei se vocês conhecem, mas tem uma música cristã clássica que diz assim: "Os mais belos hinos e poesias foram escritos em tribulação". Eu só consigo imaginar essa frase para descrever esse álbum. Mesmo que você não soubesse nada do que a Eyshila passou com o falecimento do seu filho, você sentiria que esse CD nasceu de um momento de angústia.

As faixas parecem ter sido escolhidas a dedo, todas com letras e melodias em uma harmonia que nos fazem sentir Deus mais perto.

Compartilhe:

16/01/2017

{Resenha} Pode Beijar a Noiva


Pode Beijar a Noiva é um livro que a Meg Cabot escreveu com o pseudônimo de Patricia Cabot. O livro foi publicado aqui no Brasil pela Editora Essência.

Emma ficou viúva há pouco tempo. Seu marido, Stuart, era um cura (tipo padre) e não lhe deixou um vintém.

Agora, ela leva uma vida simples e isolada em uma aldeia escocesa.

Porém, o assassino de Stuart deixou uma fortuna para Emma e para que ela a receba precisará se casar. Depois dessa notícia, todos os homens da aldeia estão atrás dela, inclusive um barão esquisito e com a fama de ter matado sua noiva.

E é em meio a essa confusão, que James, um conde, primo de Stuart, que sempre foi apaixonado por Emma, resolve visitá-la

Quando descobre da herança e do quando a viúva está sendo 'assediada', James propõe a ela um casamento temporário, que na verdade é uma desculpa para conquistá-la.


Esse foi o primeiro romance de época que eu li da Meg/Patricia Cabot e eu gostei bastante, mas eu confesso que esperava um pouco mais.

Pode Beijar a Noiva é narrado em terceira pessoa e a leitura é bem fluida. A história em si é linda e o enredo tem um toquezinho de mistério que prende a gente até o final.

Mas o que eu não gostei muito foi a tradução, achei muitos erros e algumas coisas desconexas, isso sempre tira o encanto da leitura. Talvez tenha sido por isso que a leitura frustrou minhas expectativas.


Eu recomendo a leitura, quem gosta de romance de época, com certeza vai amar este, mas já se prepare para se irritar um pouco com a tradução hehe'

Nota:

Beijos e até a próxima!
Acompanhe também nas Redes Sociais:
 Instagram - Twitter - Skoob - Facebook - Pinterest - Youtube

Compartilhe: